Mordida Cruzada - Itapevi

Mordida Cruzada. Quais os tipos e como corrigir

Mordida cruzada? O que é isso? Será que minha arcada é assim? Se sim, como corrigir? Essa dúvida e dezenas de outras, surgem diariamente na cabeça das pessoas. Para responder essas perguntas resolvemos compartilhar neste artigo tudo o que sabemos.

Dessa forma, pesquisamos profissionais da área para nos ajudar nesse conteúdo. Você sabia que uma mordida cruzada pode causar problemas de saúde que nem imagina? Já ouviu falar em pessoas que passam no médico e não descobrem a causa?

Neste artigo, esclarecer o que define a mordida cruzada e quais são os tipos existentes. Confira!


Mordida cruzada: o que é?

A mordida cruzada ocorre quando a mandíbula e o maxilar não estão alinhadas. Isto é, a arcada superior e inferior precisa fechar de forma adequada. Do contrário, a mastigação e a fala se comprometem.

As pessoas leigas não notam essa diferença, porque em muitos casos, os dentes parecem retos. Entretanto, ao morder descobrirá que está totalmente desalinhado. Apenas um profissional será capaz de diagnosticar corretamente. Por isso, procure um dentista para fazer essa análise.

Quando o profissional é ético, ao longo de qualquer tratamento, ele mencionará sobre a sua mordida cruzada. Por isso, vale a pena ouvir as orientações dele. O bom dentista explica com detalhes como funciona. Inclusive mostra com molde fictício a mordida certa. A seguir, mostramos quais são os 4 tipos de mordida cruzada existentes!

Quais são os tipos de mordida cruzada?

Os tipos de mordida cruzada ajudam a entender melhor o seu caso. Além disso, você terá uma ideia do tempo de tratamento. Pode ser longo ou curto, pois tudo depende do tipo da mordida. Antes de saber sobre eles, vamos falar também sobre a origem deles.

Os fatores hereditários, desenvolvimento atrasado e chupar dedo na infância contribuem para o surgimento da mordida cruzada. Por exemplo, em alguns casos, a pessoa já nasce com uma estrutura óssea que impede o alinhamento correto. Já no segundo caso, os dentes com crescimento atrasado nascem de forma desordenada. Ou seja, eles não crescem ao mesmo tempo que a arcada superior e inferior.

Com isso, os dentes nascerem separados uns dos outros. Por fim, chupar o dedo quando criança, além de projetar os dentes para a frente, prejudica o céu da boca. Quando a criança tem esse costume, impede o desenvolvimento adequado do céu da boca. Por consequência, os dentes crescem desalinhados.

Mordida cruzada anterior e inferior

A mordida cruzada anterior e inferior é simples de identificar. Ao fechar a boca e bater a arcada de cima com a debaixo vemos a diferença. Quando a arcada inferior está muito além da superior, o queixo se projeta para frente. Porém é mais comum ocorrer o inverso. Nesse caso, a arcada de cima está muito à frente da inferior. Com isso, parece que a pessoa é dentuça, mas o que acontece é que a mordida não está adequada, ao invés do tamanho dos dentes.

Mordida cruzada funcional e esquelética

A mordida cruzada funcional se caracteriza pelo desvio da mandíbula. Isso faz com que os dentes não se encaixem de modo adequado. Já a mordida esquelética, apresenta falhas na base óssea. Dessa forma, os dentes não conseguem um bom sustento e não há encaixe correto.


Mordida cruzada dentária

A mordida cruzada dentária é uma disfunção simples de tratar. Pois ela se caracteriza por uma inclinação ou desalinhamento dos dentes.

Como corrigir a mordida cruzada?

A mordida cruzada é muito simples de corrigir. Embora a recomendação seja para iniciar na infância ou adolescência, adultos também podem fazer. Na verdade, após a descoberta é fundamental iniciar o tratamento. Não só por questão estética, mas de saúde. A longo prazo, pode gerar problemas diversos, até dores inexplicáveis no corpo. Veja a seguir, os tipos de correções.

Extração de dentes

Em alguns casos, a arcada não consegue suportar a quantidade de dentes. Eles ficam encavalados e crescem de modo desordenado. Com isso, a extração do dente, ajuda a criar espaço suficiente para corrigir os dentes. A partir do auxílio de um aparelho ortodôntico, podemos alinhar os dentes de forma adequada.

Cirurgia

Essa opção é prática e rápida, pois a mudança não é gradativa. Como o próprio nome diz, é uma cirurgia. O que o cirurgião faz é quebrar o maxilar e refazer com uso de parafusos. Para alinhar de modo adequado, ele também usa aparelho dentário. O resultado é saúde e estética em perfeitas condições. A desvantagem é o tempo de recuperação e o custo que pode ser alto.

Aparelho ou alinhadores ortodônticos

Conforme citamos acima, o aparelho tem a função de alinhar os dentes. Assim, ele contribui para auxiliar no crescimento correto dos dentes permanentes. No caso dos adultos, o aparelho promove uma mordida saudável. Com o avanço da tecnologia, temos o planejamento digital que acompanha o ajuste dos dentes com precisão. Eles são transparentes e removíveis. Portanto, contribui para facilitar a correção e motivar as pessoas na busca desse tratamento.

Quando pensamos na dor, nas dificuldade da rotina e no tempo do tratamento ortodôntico, desanimamos. Contudo, com o avanço desses alinhadores, aumentou o número de pessoas que procuram por esse tratamento. Se antes os consultórios eram lotados de adolescentes, agora os adultos fazem o tratamento junto com os filhos.

A vantagem desse tratamento é que costuma ser mais rápido que o uso de aparelhos tradicionais. Eles são discretos e evitam cáries durante o uso. Isso porque esses alinhadores permitem a remoção deles durante a higiene bucal. Com isso, impede as doenças das gengivas e aparecimento das cáries.

A mordida cruzada promove desalinhamento dos dentes e causa uma série de problemas. Se a criança ou adulto tiver outros problemas como aumento da amígdala ou anatomia do nariz, pode haver respiração pela boca. Isso causa prejuízo no desenvolvimento maxilar por conta da língua que descansa junto ao céu da boca.

A correção da arcada é importante para a saúde em qualquer fase da vida. Não importa se isso acontece com filhos, adolescentes ou adultos. Quanto mais rápido iniciar o tratamento, melhor. A eficiência da saúde bucal está na prevenção. Mas nunca é tarde para tratar falhas que bloqueiam uma vida saudável.

Descobriu se tem mordida cruzada? Deixe o seu comentário!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.