Lente de contato dental: como funciona a manutenção

Com a inovação no campo odontológico, nos empolgamos com os resultados estéticos. Por outro lado, esquecemos da manutenção da lente de contato dental.

Ter clareza sobre esse assunto define os hábitos que precisamos mudar, a escolha do material e do profissional.

Neste artigo, vamos esclarecer a importância da manutenção da lente de contato dental. Ele é o passaporte para um investimento duradouro. Além de garantir um sorriso perfeito, branquinho e brilhante! Confira!


Manutenção da lente de contato dental: como funciona?

A manutenção da lente de contato dental funciona com base em 3 critérios. Antes de citá-los, é importante ressaltar que eles funcionam de forma integrada, portanto cumprí-los contribui para a durabilidade das lentes. Com base nisso, para aumentar a sua manutenção basta atender os seguintes critérios.

  • Disciplina da higiene bucal;
  • Escolha do Especialista;
  • Material das lentes.

Juntos, a manutenção torna-se eficiente com duração entre 15-20 anos. Muitas pessoas relaxam no decorrer dos anos, por saber da resistência do material. Então, trouxemos um conteúdo para mostrar a transparência dos tratamentos que oferecemos.

Primeiramente, a disciplina da higiene bucal é fundamental. Um dos grandes problemas que diminuem o tempo de vida das lentes são as infiltrações das cáries.

Elas podem surgir por falta de higienização correta e frequente. Além disso, fazer visitas periódicas a cada semestre ou quando seu dentista recomendar.

Segundo, as cáries e inflamações surgem lentamente. Tanto pelo fator que citamos quanto pela falta de experiência do profissional. Isto é, a falha no procedimento pode gerar problemas na saúde bucal. Por consequência, interferem na durabilidade do material.


Em terceiro, considerar a qualidade do material. Portanto, pergunte ao seu dentista, pois um bom profissional é transparente. Logo, ele esclarece todos os preços, qualidades e suas diferenças ao paciente.

Benefícios de manter o hábito da manutenção correta

Todo hábito parece chato até que a disciplina se encarregue de torná-la natural. Em outras palavras, mudar a rotina é ruim no começo, mas logo nos acostumamos. Por exemplo, um novo emprego requer adaptação com a equipe, chefes, atividades e ambiente.

Depois de 1 semana já nos sentimos bem na empresa e com a equipe. Em 30 dias já estamos integrados e confortáveis com as políticas da empresa.

Da mesma forma que a manutenção da lente de contato dental torna-se natural com a disciplina diária. Mas quais são os benefícios dessa prática? Veja a seguir!

Durabilidade acima de 10 anos

Decidir pela manutenção contínua aumenta o tempo de vida das lentes. Elas chegam até 20 anos de durabilidade.

Saúde bucal

Com a manutenção em dia, há economia nos gastos em tratamentos. Além disso, um paciente que cumpre esses hábitos apresenta uma ótima saúde bucal. Isto é, livre de gengivites e cáries.

Investimento duradouro

Nada como investir recursos naquilo que produz resultados a longo prazo. Então, se as lentes durarem apenas 1 ano ou 5 anos, podemos definir o valor do investimento. Caso dure 10 ou 20 anos, ele tem outro preço, certo?

Mas, nada como olhar para trás e perceber que apostamos em algo que valeu a pena. Assim como comprar um carro. O gasto se torna prejuízo ou investimento. Porém, tudo varia de acordo com a durabilidade. E ela está ligada à manutenção e outros fatores que explicamos.

Pensando nisso, na hora de contratar um serviço, estas informações ajudam a dar um norte!

Agora que sabe sobre a manutenção de contato dental, que tal agendar uma consulta com um de nossos especialistas?


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.