alinhador invisível no tatuapé

Aparelho invisível corrige dentes encavalados?

Os dentes encavalados incomodam muitas pessoas, pois eles representam a arcada torta sobrepostos um em cima do outro. O uso do aparelho tradicional corrige esse problema. Por outro lado, piora a estética de quem acabou de colocar.

Para evitar esse problema, muitos adultos preferem ficar com a arcada torta, do que passar por esse desconforto. Com o avanço da ortodontia, um novo modelo surgiu no mercado, os alinhadores transparentes. Eles não contém braquetes, nem fios metálicos.

Ao contrário, esses aparelhos são discretos e se adaptam à arcada dentária de tal forma que parecem estar invisíveis mesmo. Mas será que eles corrigem os dentes encavalados? Essa e outras perguntas, respondemos neste artigo! Confira!


Dentes encavalados: o aparelho invisível serve?

Os dentes encavalados são comuns naquela arcada que parece ser menor do que a quantidade de dentes que poderia suportar. A impressão que se tem é que não há espaços suficientes para encaixá-los. Com isso, eles ficam sobrepostos como se competissem por um lugar na arcada dentária.

Essa situação ocorre durante a fase da infância, a partir do nascimento dos dentes permanentes. No entanto, pessoas que tinham os dentes alinhados podem apresentar esse problema também. Por alguma razão, eles reagem de modo que ficam tortos e encavalados.

Em adultos, essa alteração é chamada de ruga de oclusão, por ocorrer na fase adulta e com tendência a piorar o quadro. Apesar disso, é muito comum esse dentes encavalados tardio nas pessoas. No entanto, dá para corrigir com o uso de aparelhos tradicionais e modernos.

Como corrigir dentes encavalados com aparelho invisível?

Os dentes encavalados são simples de corrigir. Além disso, podem ser tratados com aparelho invisível. Para entender melhor, imagine um kit com diversas placas moldadas para a sua arcada. Tudo de forma personalizada, eles surgiram no mercado para facilitar e agilizar o tratamento.

Tanto profissionais quanto clientes recebem benefícios. Dessa forma, ortodontistas conseguem fazer um acompanhamento mais preciso do tratamento. Enquanto o cliente não precisa voltar ao consultório tantas vezes. Basta seguir a orientação do dentista para trocar as placas.

Para isso, requer que o cliente tenha disciplina de usar diariamente por 22 horas e removê-los durante as refeições. Além disso, os cuidados com a higiene, o encaixe e o desencaixe são fundamentais. Dessa forma não danifica a placa, evita bactérias, doenças típicas da gengiva e acelera o tratamento.

Como funciona o tratamento?

O tratamento com alinhadores funciona tanto quanto o uso de aparelhos fixos. Inclusive é muito mais vantajoso em diversos aspectos. A primeira delas é que o seu custo pode chegar a 30% a menos. Dependendo do modelo do aparelho fixo, vale a pena investir do alinhador invisível.

Alguns aparelhos fixos transparentes são até mais caros. Logo, compensa adotar esse modelo atual com tratamento muito mais rápido e eficiente. Ele machuca menos, por não ter braquetes, nem fios metálicos com pontas. É muito comum, as pessoas se queixarem da dor dessas pontadas.

Alguns precisam usar uma espécie de massinha que os ortodontistas passam para eles colocarem na ponta. Assim, evita sangramento e desconforto durante o tratamento. O outro benefício é que dá para remover durante as refeições. Isso possibilita fazer uma higienização bucal completa.


Não só isso, mas o paciente pode comer e beber o que quiser. Já que durante esse momento ele está sem o alinhador. Já no aparelho fixo, alimentos duros como amendoins podem quebrar o fio ou a banda, que é a peça localizada no fundo da arcada. Além disso, em casos de aparelhos transparentes, pode manchar com bebidas, molhos etc.

Rapidez

A melhor parte de optar pelo alinhador transparente é a tecnologia do tratamento. Diferente de outros métodos, ele costuma ser mais rápido. Inclusive o processo de exames e escaneamento da arcada é mais ágil. As imagens costumam ter alta definição e permitem ao ortodontista acompanhar de perto, os detalhes do progresso.

Assim, ele também prevê comportamentos do dente para planejar melhor a direção do tratamento. Depois que os alinhadores chegam ao consultório, o cliente efetua a troca a cada 2 semanas. Ele mesmo pode fazer essa troca e a visita presencial ocorre a cada 2 meses. Já no tratamento convencional, a manutenção também é a cada 2 semanas. Entretanto, o paciente precisa comparecer ao consultório para “apertar” o aparelho.

A visita é uma forma de verificar se o tratamento está realmente de acordo com o previsto. Além de verificar avanços e possíveis correções. Os alinhadores funcionam perfeitamente para dentes encavalados.

Embora pareça complexo, esses aparelhos aceleram o tratamento convencional e o próprio cliente já nota as mudanças. De forma gradativa, eles se posicionam conforme o aparelho e alinham conforme deveriam se ajustar.

Qual a origem dos dentes encavalados?

Mas afinal, por que temos dentes encavalados? Nascemos com essa arcada ou adquirimos essa alteração na fase adulta? Como se explica esse problema já na infância e adolescência?

Hereditário

Os dentes encavalados têm origem na genética. Muitos não entendem como isso pode acontecer. Nesse caso, a união da arcada da mãe e do pai, resulta numa arcada desproporcional muitas vezes. Isto é, parece que há mais dentes do que espaço para disponibilizá-los ali. Na realidade é uma falsa impressão, pois o que acontece é que o tamanho dos dentes são maiores e outros menores.

Siso

Em relação ao dente do siso, o quadro piora, pois se já não há espaço, com o siso é preciso arrancá-los! Nesse caso, converse com o especialista que recomenda um cirurgião dentista para efetuar essa remoção. Quando a arcada é normal e os dentes estão alinhados, podem entortá-los quando o siso nasce.

Infância

Alguns costumes infantis também podem provocar dentes encavalados. Isto é, aquilo que fazíamos quando éramos crianças foram responsáveis pelos dentes tortos. Por exemplo, chupar dedo, chupeta, roer unhas etc.

Os dentes encavalados tem solução como vimos ao longo do artigo. A correção não se limita à estética, mas à saúde bucal. Visto que, na fase adulta, a própria estrutura óssea começa a enfraquecer. Além de prejudicar a higienização. Com isso, as doenças tendem a surgir e enfraquecer a arcada dentária. Nesse momento, podem ocorrer as primeiras perdas dentárias.

Os dentes encavalados tem solução eficiente com uso de aparelho invisível. Quer saber mais detalhes? Entre em contato sem compromisso!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.